terça-feira, 9 de junho de 2009

A entrada...





E aqui estão fotinhas da entrada que a estagiária andou a ajudar a fazer nos primeiros dias de trabalho.. (primeiros e quase únicos.. que rotina não é com aquela gente... enfim..).
Continuando... é uma instalação muito engraçada (as fotos não lhe fazem justiça), na entrada da Casa Decor no Porto, que simula um espaço meio encantado, numa floresta, cheio de espelhos e labirintos, percursos confusos, cheios de som e luz ambiente psicadélica.
Foi tudo feito em cima do joelho, ao sabor da imaginação momentânea, e em função das limitações do espaço e das condicionantes impostas pela organização.
Três dias de trabalho resultaram nisto que podem (tentar) ver. Ao vivo tem muito mais piada. Os espaços confundem os utilizadores, os espelhos ajudam...
Lembro de uma senhora de idade me perguntar na rua à porta do edifício se a colectividade a que ela pertencia ainda existia ali. Disse-lhe que sim, abri-lhe a porta e perguntei se sabia lá ir ter e onde ficam os elevadores. Ela disse que sim. Que já lá tinha ido muitas vezes pagar cotas. E entrou. E parou. Olhou para mim como se esta pequena estranha lhe tivesse dado informação errada de propósito. E eu disse-lhe que os elevadores ficavam por trás das árvores. E pésinho a pésinho lá foi ela.. a tactear o percurso, toda confusa.. Momento giro. Objectivo alcançado!


* Fotos de Nuno Lourenço

2 comentários:

Santos, Tiago disse...

Lá está... "aquela parede ficou ali por seguir o alinhamento da outra que vem sei lá de onde", "aquela parede ficou ali para obrigar os visitantes a seguir determinado percurso...", no final de contas a velhinha em vez de fazer 3m até ao elevador deve ter feito uns 300m...

a estagiária disse...

lol andar só lhe faz bem.. e o objectivo não era um acesso directo e fácil aos elevadores.. por isso se não sabe do que fala shuuuuu! já te tenho dito muitas vezes...